Aquário de São Paulo

Rua Huet Bacelar 563
So Paulo - SP

 Considerado uma referência em tratamento de animais e com um respeitado trabalho de conservação e educação ambiental, o Aquário de São Paulo foi inaugurado em julho de 2006, e hoje contempla 15 mil m², setorizados por uma rica cenografia com ambientes tematizados.

 

Principais Atraes

 No setor Água Doce, a tematização é das florestas nacionais, onde se destacam os jacarés albinos, únicos em exposição no mundo, lagartos, teiús vermelhos, serpentário e muito mais. Preocupado com a conscientização ambiental, o primeiro recinto apresenta espécies de peixes ameaçados de extinção, como a piracanjuba, que habita os trechos onde o rio Tietê não é poluído, como espécies também de sua nascente em Salesópolis-SP.

 Aberto em 2008 em comemoração aos dois anos de funcionamento, o próximo setor é o Oceanário, com espécies ameaçadas de extinção, como o peixe Mero, e tubarões da espécie lixa e mangona. Nele, o visitante adentra a cenografia de um submarino naufragado, contemplando uma visão 180º. Há ainda outras cenografias aplicadas aos ambientes, como o mangue e o costão. O setor seguinte é o Pinguinário, que exibe pingüins de magalhães.

 A área dedicada aos Mamíferos surpreende por meio de uma verdadeira imersão à selva amazônica! Inaugurado em janeiro de 2010, o Aquário não economizou em criatividade, harmonia e encantamento. De dentro de um navio pirata, os visitantes se encantam com focas. Em seguida, em meio a grandes visores, o clima amazônico apresenta macacos, lontra, bicho preguiça e tamanduás. Mas o fascíncio fica por conta do Tapajós, um filhote de peixe-boi amazônico, que pode ser apreciado também por uma visão privilegiada por meio de uma passarela por cima do recinto.

 O mergulho das sereias - atração não permanente. Necessita checagem.

Em 2013, o mundo mitológico ganhou espaço no Aquário de São Paulo, que trouxe a Cristal, a sereia que vive no rio Amazonas e protege os animais, e Coral, a sereia que veio dos oceanos para proteger as águas. A ação que foi desenvolvida para transmitir aspectos educativos e ambientais, foi estendida em 2014 devido ao grande sucesso de crítica e público.

  Em abril de 2015, Aquário de São Paulo inaugurou novo setor dedicado aos mamíferos aquáticos

Cangurus, suricatos, lêmures e até casal de ursos polares integram a nova ala.

 Fruto de um projeto pioneiro e audacioso, o Aquário de São Paulo começou discreto em seus 3 mil m² contemplando diversas espécies de peixes de água doce, mas aos poucos ganhou porte, respeito diante do setor e status de o maior aquário da América Latina e o único temático no Brasil. 

Onde Fica

 Endereço: Rua Huet Bacelar, 407 - Ipiranga

Atendimento ao cliente: Fone: 11 2273 5500

Site: www.aquariodesaopaulo.com.br

Dias e Horários de Funcionamento: de Segunda à Domingo, das 9hs às 17hs.

Informaes Adicionais

 Durante esses 9 anos de existência, que completa em 2015, triplicou seu tamanho, realizou operações de transferências de animais, fomentou o turismo na cidade de São Paulo, chamou a atenção para aspectos de educação e conservação ambiental e despertou a iniciativa de outras capitais do Brasil desenvolverem projetos de aquário. Tudo isso acompanhado pela mídia com ações de grande repercussão.

 

Agora, o Aquário de São Paulo ganha ares de parque: seu novo setor dedicado aos mamíferos aquáticos surpreende pelo tamanho do projeto arquitetônico, cenografia e também pelas espécies desconhecidos ao olhar brasileiro.

 

O convite para um fantástico passeio se inicia em uma "sala de embarque". Após passar pelo finger e atravessar a fronteira, a África se descortina diante dos olhos dos visitantes que são recebidos pelos simpáticos e curiosos suricatos. Lêmures e os macacos colôbus também são garantia da alegria do público.

 

Na sequência, os visitantes são atraídos pela exótica Indonésia. Pitons e morcegos gigantes provenientes da Ilha de Java misturam-se a uma cenografia marcante. Mas é na primeira curva que o Aquário de São Paulo surpreende com os saltitantes cangurus. Este é o setor dedicado à Austrália, que apresenta também dois exemplares de wombats, parentes próximos do coala e equidnas, símbolo da Olimpíada de Sidney, na Austrália.

 

O Pier 15, uma grande praça de alimentação, abre o caminho para duas novas atrações: o cinema 4D com sistema motion simulator ride e o "Aquário Abaixo de Zero", um dark ride track system, espécie de trenó em trilhos que leva os visitantes para uma aventura congelante junto a grandes réplicas eletrônicas de mamutes e outros animais da era do gelo.

 

Lobos e leões marinhos dão o ar da graça e convidam para conhecer as novas estrelas do complexo: o jovem casal de ursos polares, Aurora e Peregrino. Diante de uma parceria entre instituições, foram transferidos do zoológico de Kazan, na Rússia, direto para o Aquário de São Paulo, que alcançou o nível de qualidade máxima, projetando o maior e mais adequado recinto climatizado para urso polar em zoológico do mundo. A ideia foi integrar um projeto de pesquisa idealizado por Alexander Malev, um dos mais conceituados pesquisadores de urso polar em cativeiro e em vida livre, sendo condutor de diversas expedições para o estreito de Bering. O projeto é voltado à reprodução e ao mesmo tempo, à preservação e conscientização desta espécie tão ameaçada. 

Galeria de Fotos
Busca Rpida
de Associados
Atrações Turísticas
Parques Temáticos
 
Imprimir       Enviar por e-mail